5 Dicas para (começar a) aquarelar - Juliana Rabelo
Visite o portfólio!

Pesquisar

5 Dicas para (começar a) aquarelar

setembro 09, 2014 Falando de dicas

Uma das perguntas mais frequentes que recebo por e-mail e por comentários é sobre dicas sobre aquarela para iniciantes; mas, como vocês devem imaginar, essa técnica é uma das mais complexas que conheço, e aprendo um pouco sobre ela dia após dia. Então resolvi separar pra vocês cinco dicas preciosas para vocês anotarem (e colocarem em prática) antes de saírem aquarelando por aí!

1. Compre material barato (mas não tão barato)
Diferentemente de outras técnicas, aqui você precisa desembolsar um bocado para comprar até os materiais mais básicos e “baratos”. Sabe aquele conjunto de aquarela em pastilha que você viu na papelaria por dez ou quinze reais? Pode esquecer, porque ele só vai te dar dor de cabeça: você vai fazer de tudo pra que saia alguma cor dali, mas só vai sair uma água de cor estranha. Mas também não precisa sair comprando aquarela de três dígitos e papel 100% algodão logo de cara! Aqui no blog, já mostrei pra vocês várias opções de papéis e pincéis para aquarela; uma boa tinta para começar é a da Pentel, que você pode encontrar em estojos de várias cores, e custam a partir de vinte e tantos reais.

2. O grande problema pode ser a folha!

Existe um limite de normalidade e aceitação pra deformidade da folha enquanto você tá aquarelando; o normal é que a folha deforme, mas que ela volte o máximo possível para a forma original depois que você terminar seu trabalho. Algumas folha$ voltam mai$ e mai$ rápido que outras. Outra coisa que não pode acontecer é a água alagar a folha, deixando aquela mancha escura no papel – isso prova que o papel não foi preparado para técnicas aguadas, e que você precisa deixar ele de lado. Nesse post, eu explico sobre o que um papel para aquarela precisa ter, e mostro opções maravilhosas (testadas e aprovadas por mim) para todos os bolsos.
3. Lave bem as mãos
Você já tem seu material todo bonitinho e mal pode esperar para começar a colocar a mão na massa? Antes disso, não esqueça de lavar as mãos. Para os mais espaçosos, vale lavar os braços também. O papel para aquarela é de uma sensibilidade imensa, e ele tende a absorver tudo o que recebe; se ele recebe sujeira e gordura, vai absorver isso, e o pior: vai estragar sua pintura, porque vai criar uma superfície hidrofóbica na folha. Portanto, certifique-se de que suas mãos estarão limpas (e secas! não esqueçam de secar!) antes de começar com a aquarela.

4. A ventilação não é sua amiga
O ideal é que você tenha tempo para pintar com calma e ir observando o comportamento das tintas e da água com atenção. Se você tem ventilador no quarto, desligue (ou ponha na velocidade mínima, se estiver insuportável – i know the feeling); se tem refrigerador de ar, principalmente: desligue; todos esses fatores de circulação e de desumidificação de ar fazem a aquarela secar mais rápido, o que significa desespero. Que significa que você vai precisar ser mais ágil nos gestos. Que significa desespero.

5. Mas a água é, sim!
O próprio nome já diz: aquarela. Separe um papel ou um pedaço de papel para ser seu rascunho; misture água e tinta em um recipiente, e vá testando os resultados nesse papel. Comece adicionando bem muita água (deixando a mistura mais transparente) e, gradativamente, vá adicionando tinta à essa mistura. Observe as diferenças na mistura e no seu papel de rascunho. E lembre-se: é mais fácil escurecer do que clarear, então sempre tente iniciar sua pintura com aguadas mais transparentes e, gradativamente, vá acrescentando mais tinta.
*
Pode parecer bobagem, mas cada um desses cinco conselhos é de extrema importância pra que você tenha êxito nos seus estudos. Muitos deles eu só descobri sozinha, depois de ter errado um bocado e sofrido mais ainda toda vez que algo saía do meu controle.
Na verdade, há muito mais que se descobrir dessa técnica fantástica, mas guess what: você só vai aprender se tentar, se estudar e se dedicar uma boa parte do seu tempo para isso. Errar, “perder” material e “estragar tudo” fazem parte do processo, mas tudo isso são passos importantíssimos na sua caminhada 🙂
Espero que o post tenha sido útil pra vocês :} 
E quem tiver mais dicas, pode compartilhar nos comentários, viu?
Um cheiro!



Comente pelo Facebook

Ou comente por aqui:

CommentLuv badge

16 Respostas para "5 Dicas para (começar a) aquarelar"

Renata Carvalho - 09, setembro 2014 às (12:53)

Tem uns hobbys que são tão caros né? Você com a aquarela e eu descobrindo isso com a fotografia, maaaaaas quando a gente faz o que realmente gosta, acho que vale muito a pena.
Achei essas dicas valiosíssimas. Quando eu resolver me aventurar na aquarela (e isso com certeza vai acontecer algum dia), vou voltar nesse post e usar todas essas dicas!

Beijos,
Livro de Memórias

Responder

Arantxa Carolina - 09, setembro 2014 às (13:57)

Se eu for mesmo pro ceará no fim do ano, faço QUESTÃO de combinarmos um dia pra sair, viu? <3

Responder

Arantxa Carolina - 09, setembro 2014 às (13:58)

(nossa, esse comentário saiu muito estranho????? hahahaha mas ele foi a reação ao quão fofa você é smepre tentando ajudar quem está começando a desenhar <3)

Responder

Lidiane Dutra - 09, setembro 2014 às (17:42)

Já vou colocar esse post nas leituras obrigatórias da minha próxima turma de desenho o/ E a umidade em excesso também prejudica a aquarela, digo isso por experiência própria e por viver numa cidade onde até as pessoas mofam no inverno, fica muito difícil secar os trabalhos, às vezes levo horas :/

Bjus :**

Responder

Loma - 09, setembro 2014 às (21:15)

O melhor post que eu li nessa semana. Sou muito frustrada por não saber aquarelar, acho a coisa mais linda! Mas ai você coloca água, tinta e pincel na mão de uma noob e imagina no que dá, né? Eu amei essas dicas e fiquei surpresa pois não fazia ideia de nenhuminha delas. Obrigada por esse post maravilhoso!

Responder

Camila Lacerda - 09, setembro 2014 às (21:40)

Oii Ju 🙂
Nossa quanta informação que eu nem sabia rsrs
Se morasse aí iria fazer o curso com voce.. tenho muita vontade de aprender, mesmo não tendo talento para o desenho e pintura !!

http://www.chadecalmila.com

Responder

Duds Saldanha - 10, setembro 2014 às (14:17)

ME FALTA PACIENCIA, XULIANA :((((((
E acho que, de tudo que ce escreveu, eu absorvi especialmente a última dica – que é mais fácil escurecer do que clarear. Fui na festa e acabei estragando a pele da menina que eu tava pintando, aí vou ter que arrumar digitalmente HAHAHAHA

Amei o post, vou estar imprimindo e tomando pra vida <3

Xero :*

Responder

B! - 12, setembro 2014 às (03:12)

Estou tendo aula de ilustração esse semestre. Agora eu estou usando pastel seco mas logo virá as aulas de aquarela. Eu comprei um bloco de papel tipo canson de 140g e estou preocupada se ele vai aguentar a experiencia! Você acha que eu preciso comprar outro bloco ou algumas folhas de um papel adequado? Ou para exercicios eu posso usar esse bloco mais random?

Responder

Gabriele Zimmer - 12, setembro 2014 às (21:17)

Muito bom seu blog, parabéns. aquarela pra mim é uma loteria, as vezes eu gosto do que sai, as vezes odeio. Esse aí, claro eu gostei…

Responder

Tamiris Ribeiro Batista - 15, setembro 2014 às (00:34)

Você e essas belezuras <3
Adorei as dicas Ju, gostaria muito de saber desenhar pra aprender a usar essas belezinhas pra algo bonito!
Um beijo, Tamy | http://www.descoladavida.com

Responder

Ludimila Ágatha - 16, setembro 2014 às (21:24)

Tenho muita vontade de aprender. Acho muito lindo e delicado. Suas dicas foram ótimas e valiosas. Vou me lembrar de tudo isso quando começar a me aventurar com as aquarelas.
Beijos !
anonimoprovisorio.blogspot.com.br

Responder

Cabrona - 20, setembro 2014 às (00:55)

Eu sempre gostei de desenhar e acabei comprando uma aquarela em pastilha faber-castell só pra brincar e levei o maior susto quando fui testar em papel comum. Comecei a pesquisar e acabei descobrindo que eu tinha me metido numa roubada (sou mão-de-vaca rsrs). Agora estou apaixonada pela técnica e quero continuar. Mas a aquarela da faber-casttel é tão ruim assim?

Responder

Anna - 02, outubro 2014 às (10:31)

Eu sou llouca pra começar a aaquarelar mas na minha cidade o material que vende é tão caroooooo. Vi seu post como indiicação no conversando com a Lua, voltarei sempre pra ver suas dicas 😉
http://www.eucriomoda.com

Responder

Pauline - 17, outubro 2014 às (18:00)

amei seu blog,continue escrevendo 🙂

Responder

Anônimo - 14, setembro 2015 às (21:10)

Parabéns pela postagens, comecei a me aventurar agora em aquarela e suas indicações ajudaram muito! ^^ Continue como seu belo trabalho! o/

Att, Giselle ^^

Responder

anna maria horta vidigal - 24, março 2018 às (13:23)

Amei suas dicas. Grata.

Responder

Curso de Aquarela

<div class="titulo curso-de-aquarela"><h6>Curso de Aquarela</h6></div>

Mora em Fortaleza e quer aprender aquarela? Eu ofereço turmas regulares no Estúdio Daniel Brandão. Clica aqui pra saber mais! ;)

Ju Rabelo na sua cidade!

<div class="titulo ju-rabelo-na-sua-cidade"><h6>Ju Rabelo na sua cidade!</h6></div>

Quer uma oficina de aquarela na sua cidade? Então clica aqui pra cadastrar seus dados! :)

Receba as atualizações no seu e-mail! Assine abaixo e fique sempre por dentro das novidades:


Juliana Rabelo • todos os direitos reservados © 2018 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por