Aquarela de bolso - Juliana Rabelo
Visite o portfólio!

Pesquisar

Aquarela de bolso

agosto 08, 2013 Falando de aquarela, Equipamentos

EDITADO (25/06/15): O post original, escrito em 2013, já estava bastante desatualizado. Resolvi reescrevê-lo com um material mais novo, fotos melhores e minhas mais recentes percepções sobre cada um dos materiais citados nesta postagem. Espero que gostem 🙂

Quem pinta com aquarela já deve ter percebido o quanto de material precisamos para pintar: papéis, tintas, godê, água, paninho… É um volume considerável. Nesse post, compartilho com vocês alguns materiais (e minhas considerações sobre eles) bacanas para aquarelar em qualquer lugar, sem precisar levar uma mala cheia de materiais! São materiais menores, portáteis, mais práticos e ideais para fazermos aquarela de bolso. 🙂

1. Papel

Sempre gosto de começar pelo papel, porque acho que ele tem uma importância enorme no resultado final da sua aquarela. A melhor maneira de carregar papéis para aquarela é unindo-os em um sketchbook, e vou compartilhar com vocês alguns dos que já utilizei e recomendo. Se você ficou curioso e gostaria de saber mais sobre papéis para aquarela, sugiro que dê uma olhada nesse post, onde listei meus favoritos 🙂

Moleskine

Antigamente, não tinha o costume de usar sketchbooks, mas desde que ganhei esse Moleskine, muitas coisas mudaram. Não só por ter vindo de uma pessoa muito especial pra mim (e por isso já trazer um monte de significado), mas também por se ter um caderninho de registros dos seus experimentos, das suas loucuras, dos seus erros e acertos. Esse Moleskine é próprio para o uso de aquarela, devido ao aspecto químico e físico do papel: 200g/m² e cold-pressed (prensado à frio), e dá pra usar os dois lados da folha.

A qualidade da folha é bem bacaninha. Dá pra encontrar em tamanhos variados; eu tenho o menorzinho (14 x 9cm) e o maior (21 x 13cm). Todos foram presentes por motivos de – e aqui, a maior desvantagem do Moleskine -: não tenho condições de pagar quase 100 reais num sketchbook. Mais abaixo, eu mostro pra vocês outras opções de caderninhos para aquarela, de excelente qualidade e valores acessíveis:

Isabella Pessoa

Já falei pra vocês sobre o trabalho super caprichoso da Bella (clica aqui pra ver!), mas aqui quero focar nos sketchbooks para aquarela que ela faz. Ganhei dela os tamanhos A5 e A6, todos com costura artesanal, forrados com tecido e um acabamento primoroso, com folhas Canson – Linha Universitária.

Não sou muito fã dessa tipo de folha mas, como indiquei no post de kit de aquarela para iniciantes, é uma folha bacana para fazer testes, e experimentos sem medo de ser feliz. Atualmente estou usando o sketchbook A5 da Bella para meus estudos, e ele tem sido um ótimo companheiro 🙂

Outros sketchbooks


A Miolito, marca maravilhosa e super confiável de caderninhos e papelaria artesanal, também tem sketchbooks para aquarela! Estou louca para testar mas, enquanto isso, compartilho com vocês a resenha que a Mary Cagnin fez do caderninho, em vídeo. Clica aqui pra ver 🙂

Se você mora em Fortaleza, não pode deixar de conhecer os sketchbooks Aquarela&Nankin, da artista-amiga Blenda Furtado. São todos feitos com papel Canson Montval (esse eu prefiro!), com capa laminada e lombada aparente. Os sketchbooks têm ilustrações da artista na capa, e recentemente, ela tem trabalhado em parceria com outros artistas. Vale muito a pena conferir 🙂

* * *
2. Aquarelas

A melhor maneira de levar suas aquarelas para onde quiser é optando pelas versões em pastilha, pois são mais práticas e ocupam menos espaço que as aquarelas em bisnaga. Muitas marcas oferecem opções de estojos de aquarela em pastilha: já mostrei pra vocês o da Pébéo, e também existe o de marcas superiores como a Winsor&Newton, Van Gogh, Lukas e Schminke.

Na minha opinião, esse estojinho da Winsor&Newton (Cotman) é o mais completo: vem com 12 aquarelas em pastilha, um pincel compacto e um mini godê (na tampa). O bacana é que você pode substituir as cores do estojo por outras que preferir (eu troquei o branco por um sépia, comprado à parte), e ainda repor a tinta quando acabar (aqui, recomendo fazer isso acrescentando a tinta diretamente da bisnaga). Existem outras opções de estojinhos dessa mesma marca, e você pode procurar na internet qual dessas opções é melhor pra você.

Sem grana para investir em um estojo já pronto? Sem problemas: você pode montar o seu! Muitas pessoas perguntam dessa latinha no instagram, e foi extremamente simples: comprei a latinha em alguma loja na Liberdade, quando estava em São Paulo, e…

…comprei as pastilhas que me interessavam 🙂 As que vocês estão vendo são Lukas Red (da Lukas), Permanent Magenta (Winsor&Newton), Genuine Rose (Lukas), Cerulean Blue (Lukas), Dioxazine (Lukas) e Indigo (Winsor&Newton).

Depois, colei com uma fita adesiva bem resistente, e pronto 🙂 Estava pronto pra uso. Uma boa dica é fazer essa “colinha” com as cores e seus nomes, pra você sempre saber como cada cor fica no papel.

Você pode, ainda, comprar um godê portátil e transformá-lo em estojo de aquarela. Esse, comprei na Casa do Artista, quando estava em SP, e foi uma das aquisições mais úteis da vida inteira. É baratinho, e você pode preencher cada cavidade menor com as tintas que você já tem em casa, e usar as cavidades maiores pra espalhar tinta. 


* * *
3. Pincéis

Esse é um pincel com reservatório, da marca Pentel. Falei profundamente sobre ele, apresentei vantagens e desvantagens e dei dicas de uso nesse post, mas basicamente, sua maior vantagem é o fato de você poder levar água dentro dele e, por consequência, você não precisa lavar as cerdas para trocar de tinta, pois a água escorre e faz isso por você. Recomendo fortemente o post que citei neste parágrafo e, principalmente a leitura dos comentários dos leitores falando sobre suas experiências com os pincéis.
* * *

Ufa! O post ficou bem longo, mas espero que tenha ficado bem completo, e que tenha sido bem útil pra vocês 🙂 Se você se interessou por alguns desses materiais, sugiro o post com a relação de lojas de materiais artísticos online, pra você pesquisar e analisar qual atende melhor suas necessidades.

Se você curtiu o post, não deixe de compartilhá-lo nas redes sociais e deixar um comentário: assim, você me motiva a produzir mais e divulga meu trabalho 🙂

Um beijo,




Comente pelo Facebook

Ou comente por aqui:

CommentLuv badge

32 Respostas para "Aquarela de bolso"

B! - 21, agosto 2013 às (19:15)

No meu curso aprenderei a usar aquarela <3 acho que irei comprar esse pincel >.< Você poderia fazer um post falando de gramatura(?) de papel? Porque eu gosto de desenhar e pintar com hidrocores e marcadores e queria comprar um caderno pra isso, mas não sei qual gramatura minima já serviria.

Responder

Luísa - 17, dezembro 2013 às (13:05)

Juliana, onde você comprou esse estojo? Estou tentando comprá-lo há algum tempo (foi inclusive pesquisando por ele que cheguei a seu blog), mas ou esta esgotado ou não enviam para o Brasil. :/

Responder

rach - 23, outubro 2014 às (13:45)

juliana, essa caneta/pincel funciona melhor com as tintas em pastilha, né? ou tb dá pra usar com as de tubo?

Responder

Loma - 23, outubro 2014 às (16:51)

Morro de vontade de aprender e é pelo seu blog que tô pegando dicas. Talvez eu deva começar com um kit de bolso, assim? Pequeno e sem muitas coisas hehehe amei o post, obrigada! BEIJOS

Responder

Juliana Rabelo - 26, outubro 2014 às (19:56)

dá pra usar com qualquer um dos dois 🙂

Responder

Juliana Rabelo - 26, outubro 2014 às (19:57)

Vai dar certo, Lominha! Tô n torcida! <3
Pra começar, eu aconselho as tintas em bisnaga e os pinceis sem reservatório, mesmo, que te dão um controle maior sobre tudo. :*****

Responder

adrian araujo - 02, novembro 2014 às (14:47)

quero começar a "aquarelar também"
por favor mim da uma dica!?

Responder

alexsouto - 03, novembro 2014 às (14:25)

Excelentes dicas! Vou comprar com certeza essas canetinhas water brush.

Responder

Priscila Esmeraldino - 05, dezembro 2014 às (02:49)

Adorei esse post! Obrigada pelas dicas! :3

Responder

kerolandrade - 06, janeiro 2015 às (17:53)

Ei Juliana, tudo bem? Decidi começar a aquarelar e ao encontrar este estojo, reparei que as pastilhas avulsas tem diferença, como "AA, A, B", procurei saber sobre, mas só encontrei a
legenda (extremamente permanente, permanente, moderadamente durável, e etc) e fiquei na dúvida quanto a isso, é a intensidade dela, ou é só a duração dela no papel? Pq todas podem ter transparência não é? haha Brigadão! 😀

Responder

Samara Nascimento - 06, janeiro 2015 às (19:20)

Juliana, você compra seus materiais em lojas online? Se sim, poderia me dizer? Não encontro bons pinceis e aquarela de bolso aqui na minha cidade, Natal-RN… 🙁

Responder

Juliana - 19, janeiro 2015 às (05:52)

Amei o post e achei super útil!
Porém acharia ainda mais útil se você colocasse links de lojas virtuais da sua confiança aonde pudéssemos adquirir com um preço legal ou pelo menos com a garantia que não teremos nosso dinheiro perdido. Ainda mais para mim, que moro no fim do mundo, seria ainda melhor.
É só uma sugestão.
Obrigada por compartilhar seu conhecimento conosco!

Responder

Bri - 25, janeiro 2015 às (00:36)

Comprei esse kit de bolso para começar, achei de uma fofura EXTREMA. 😀

Responder

Cássia Pernambuco - 01, março 2015 às (02:26)

oi juliana! onde vc encontra as pastilhas de aquarela da Cotman pra comprar separado? procurei pelas lojas online mas não consegui achar. bjs

Responder

Juliana Rabelo - 05, março 2015 às (22:06)

Oi, Cassia! Nunca comprei as pastilhas separadamente 🙁 você pode comprar a bisnaga e ficar recarregando cada suportezinho daqueles, dá na mesma coisa 😉 bjs!

Responder

Lore Rezende - 07, março 2015 às (18:28)

Tem na casa do Artista as pastilhas separadas, lá tem quase de tudo, é legal dar um olhadinha pra ver

Responder

Cássia Pernambuco - 07, março 2015 às (19:07)

obrigada, lore! vou procurar : )

Responder

José Rodrigo Batista - 19, março 2015 às (23:28)

Você é deMAIS!!! <3 Obrigado pelas dicas e parabéns pelo site, artista incrível!!!

Responder

lorena garcia - 23, abril 2015 às (20:30)

Perfeito! Ótimas dicas!

Responder

Juliana Rabelo - 25, junho 2015 às (18:32)

Oi, Juliana! Fiz um post com essa lista, dá uma olhada: http://www.julianarabelo.com/2015/02/materiais-artisticos-online.html

Obrigada pela sugestão 🙂

Responder

Juliana Rabelo - 25, junho 2015 às (18:33)

Compro, sim, Samara! Veja esse post com dicas de lojas online: http://www.julianarabelo.com/2015/02/materiais-artisticos-online.html

Responder

Juliana Rabelo - 25, junho 2015 às (18:33)

Muito obrigada!

Responder

Juliana Rabelo - 25, junho 2015 às (18:33)

Muito obrigada, Alanna! Fico feliz que tenha gostado 🙂

Responder

Juliana Rabelo - 25, junho 2015 às (18:33)

<3

Responder

Renata - 05, julho 2015 às (16:47)

Olá, primeiramente, parabéns pelo seu trabalho. Estou com dificuldade de achar as pastilhas de aquarela separadamente. Aqui no rio está muito difícil achar materias para aquarela. Alguma dica? Bjs

Responder

Julia - 13, julho 2015 às (18:20)

Oi Ju, adorei a atualização do post! Acho legal recomendar também as aquarelas da Pentel, que embora sejam em tubo, são bem baratinhas e você pode montar o seu próprio estojo com elas (já fiz dois com paletas de sombras velhas). Sou apaixonada também pelas aquarelas da Koh-I-Noor, a pigmentação deles é inacreditável para o valor, comprei um kit de 24 cores por 50 dilmas. Já a Sakura é até legalzinha, e embora a qualidade das tintas não se compare às profissionais, eles tem uma boa gama de cores e estojos super práticos!

Responder

Julia - 13, julho 2015 às (18:23)

Oi Renata, você tentou na internet? A Juliana tem um post só sobre lojas legais para comprar online, dá uma olhada lá, porque normalmente pela internet é bem mais barato. Aqui no Rio ta difícil encontrar determinados materiais, principalmente depois que a caçula pegou fogo de novo. A nova loja não é lá essas coisas…
O link do post: http://www.julianarabelo.com/2015/02/materiais-artisticos-online.html

Responder

Julia - 13, julho 2015 às (18:25)

Acho que é a qualidade da tinta, tipo profissional ou nível estudante, sabe? Porque a Cotman é a linha de estudante da Winsor & Newton, por isso é mais barata.

Responder

Juliana Rabelo - 15, julho 2015 às (19:03)

Oi, Julia! Que bom que gostou!

Eu recomendei as da pentel apenas para quem estava começando a estudar aquarela nesse post (http://www.julianarabelo.com/2014/12/kit-de-aquarela-para-iniciantes.html), mas a sua dica de montar o estojinho com sombras é super válida 🙂 Obrigada por compartilhar!

Eu tenho essas aquarelas da Koh-I-Noor, e até hoje me pergunto se elas são aquarela ou guache, pois são TÃO pigmentadas! Hhauhaua! A Sakura nunca testei :~

Responder

Juliana Rabelo - 15, julho 2015 às (19:03)

Obrigada por responder, Julia! :~)

Responder

Luana Zanardini - 06, dezembro 2015 às (00:22)

oii, tenho uma duvida sobre aquarelas em bisnagas, eu posso colocar-las em estojos e deixa-las secar? n perde o pigmento?

Responder


Juliana - janeiro 6th, 2016 às10:51 respondeu:

Oi, Luana! Pode sim. Só não esquece de proteger da umidade, calor e luz excessivos 😉

Responder

Curso de Aquarela

<div class="titulo curso-de-aquarela"><h6>Curso de Aquarela</h6></div>

Mora em Fortaleza e quer aprender aquarela? Eu ofereço turmas regulares no Estúdio Daniel Brandão. Clica aqui pra saber mais! ;)

Ju Rabelo na sua cidade!

<div class="titulo ju-rabelo-na-sua-cidade"><h6>Ju Rabelo na sua cidade!</h6></div>

Quer uma oficina de aquarela na sua cidade? Então clica aqui pra cadastrar seus dados! :)

Receba as atualizações no seu e-mail! Assine abaixo e fique sempre por dentro das novidades:


Juliana Rabelo • todos os direitos reservados © 2018 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por