Pincéis para aquarela - Juliana Rabelo
Visite o portfólio!

Pesquisar

Pincéis para aquarela

março 01, 2014 Falando de Equipamentos

Oi, gente! A tag equipamentos tem como objetivo mostrar pra vocês as ferramentas que eu utilizo nas minhas ilustrações, pra vocês conhecerem e – dependendo do post – saberem como manusear 🙂 O post de hoje foi sugerido pela Suelen Lima (Suelen, se você tiver algum site pessoal, põe o link nos comentários, pra eu te linkar aqui!) lá no facebook há algum tempo, e hoje decidi falar e mostrar um pouco sobre os pincéis que uso em minhas aquarelas, e também sobre um em específico que raramente uso, mas que é bem interessante. Então vamos lá!

Acredito que a dúvida de muitos de vocês deve ser: qual o melhor pincel pra aquarela? E eu respondo que isso é algo que você vai ter de descobrir sozinho, praticando, estudando, penando, treinando; cada pessoa tem seu tipo favorito de pincel: o meu, por exemplo, são os triangulares chanfrados (falo deles daqui a pouco), mas existem pessoas que preferem os redondos, os língua de gato, e por aí vai. Mas uma coisa é certa: pincel pra aquarela tem de ser macio. Quanto mais macio, menos rastro das cerdas ele vai deixar, e provavelmente mais água ele vai absorver (e “sustentar” ao longo da aguada).
Claro que, dependendo do efeito que você quiser fazer, é interessante usar um pincel de cerdas mais duras. Mas aí são outros quinhentos. Vamos manter o foco nos pincéis mais utilizados pra aquarela, certo?
Separei alguns pincéis pra mostrar pra vocês as possibilidades de cada um, e fiz pinceladas contínuas em diferentes ângulos: de cima para baixo: o pincel como está na foto; em pé; com inclinação diagonal; e por último, com movimento zig-zag. Percebam os formatos e os acabamentos que cada tipo de pincel permite: o língua de gato confere uma “listra” arredondada, mais orgânica; o chato permite efeitos mais marcados e angulosos, enquanto o redondo -como o nome sugere- é responsável pelos acabamentos orgânicos e menos angulosos.
Com uma foto mais aproximada, é mais fácil observar os formatos das cerdas dos pincéis e os acabamentos que cada um permite.
Aqui, o meu atual pincel favorito: apesar de ser um nº 6, ele é bem “pomposo” de cerdas, então ele acaba “sustentando” a mistura de água + tinta por muito mais tempo que os outros pincéis que tenho por aqui; o que mais gosto nele são os acabamentos: diminuindo a pressão sobre a folha, você pode ter uma pontinha triangular (não é à toa a classificação); aumentando a pressão, você consegue um traçado mais firme e largo, sem tanta angulação. Como ele é “gordinho”, o zig-zag fica também menos anguloso (comparem com os outros pinceis que mostrei acima), o que é ótimo na hora de preencher áreas maiores.
O pincel leque entra na categoria dos interessantes. Raramente uso esse pincel, mas quis colocá-lo nesse post pra mostrar as possibilidades que ele oferece. Como vocês podem ver, ele confere ao papel esses traçados múltiplos; então penso que seja interessante pra paisagens: folhagens, cachoeiras… E tudo que tem muita textura. Esse é um nº 2, e eu já acho ele muito grande… Imaginem os de numeração maior! 
E por falar nisso: qual numeração é a melhor? E novamente, a resposta é: qual a numeração melhor pra você? No meu caso, que a maioria dos trabalhos são feitos em papéis relativamente pequenos, meu pincel de maior numeração são esses nº 10. A numeração tem a ver com a espessura do pincel, o que implica na área de cobertura que ele pode oferecer e na quantidade de água + tinta que ele pode suportar.
Ao mesmo tempo que os pincéis de maior numeração são ideais para o preenchimento de grandes áreas, eles podem ser ótimos para preencher espaços menores (dependendo do efeito que você quer causar). Também são maravilhosos para fazer aquele efeito de tinta escorrendo que a maioria de vocês é apaixonado.
Já os pincéis de menor numeração são mais indicados para detalhes e preenchimento de áreas pequenas. Tenho pincéis que variam entre o nº 0000 (♥) e o nº 2. Sempre são ótimos para os cílios, contornos, cabelos e para delicadezas em geral.
E agora? Qual pincel eu compro? Eu sempre aconselho meus alunos a terem pelo menos dois: um mais fininho e um mais espesso. No mínimo. Os arredondados tendem a ser os mais bem aceitos no primeiro contato, porque prometem traços menos marcados, o que facilita na hora de preencher o desenho. Mas aí fica à critério de cada um! Há de se avaliar fatores como necessidade, experiência e investimento.
E já que estamos falando de dinheiro, vamos a um assunto importante: marcas. Isso é outra coisa que vai depender do quanto você está disposto a aprender aquarela e a investir na aquarela. Porque se você está determinado a aprender, vai ficar praticando e pretende se aperfeiçoar mais e mais, é bacana investir em pincéis de marcas “melhores”, como Van Gogh, Rembrandt, Cotman, Talens, Da Vinci, dentre outras muitas. O preço é chocante? É. É difícil gastar 20 reais em um pincel? É. Mas é como eu falei: vai depender das suas intenções. Por experiência pessoal, eu posso garantir que não tem sensação melhor do que aquarelar com equipamentos de boa qualidade. Mas claro: comecei com materiais mais acessíveis, até porque não tinha conhecimento nenhum em aquarela, não sabia se iria me motivar a continuar praticando e preferi adquirir pincéis mais acessíveis.
Por outro lado, existem as linhas artísticas das marcas Tigre e Condor, por exemplo, que são ótimas! Nos cursos que ministrei na UFC, no Sesc, no Baião Ilustrado, e mesmo nos que foram ministrados aqui em casa, os alunos usavam esses pincéis e os resultados sempre foram bem bacanas.
Comprei todos esses pincéis que mostrei no post em Coimbra sdds 1000, na Papelaria Marciano; com exceção do Keramik, que ganhei no curso intensivo de aquarela que fiz com o mestre Alarcão, aqui em Fortaleza (♥ ♥ ♥ ♥). Mas vocês podem jogar no pai Google e pesquisar lugares e preços 🙂 Lembrando que os pincéis que mostrei aqui não são necessariamente os pincéis certos para aquarela, e sim os que eu mais gosto e uso.

EDITADO (25/06/15): Recentemente comprei alguns pincéis novos, e queria acrescentá-los aqui no post, para que vocês também os conheçam 🙂


Bom, o post ficou um pouco longo, mas espero que tenha sido esclarecedor pra vocês 🙂 Quaisquer dúvidas que vocês tiverem, podem deixar nos comentários, que vou tentar respondê-las individualmente ou em um post futuro. 

EDITADO (25/06/15): Se você gostou desse post, provavelmente irá gostar também de conhecer o fabuloso pincel de cerdas naturais, e também o pincel com reservatório! Para conservar seus pincéis por mais tempo (e evitar que ele fique descascado, igual a esse meu nº 1 da Cotman), sugiro esse post. 🙂

Se tiver sido útil pra você, não esqueça de deixar um comentário, dar um like, compartilhar nas redes! Sua opinião e participação é muito importante para que o blog continue crescendo e ficando cada vez melhor 🙂
Beijinhos!



Comente pelo Facebook

Ou comente por aqui:

CommentLuv badge

36 Respostas para "Pincéis para aquarela"

Isabella Marques - 01, março 2014 às (15:35)

Muito legal você explicar tudo direitinho! Eu não fazia a mínima noção de pinceis e etc, agora já tive um direcionamento, obrigada! hehe

Strawberry Fields

Responder

Juliana Rabelo - 03, março 2014 às (15:52)

Ah, fico feliz por você ter gostado =~) que bom que o post foi útil pra ti. Beijinhos!

Responder

Juliana Rabelo - 12, março 2014 às (01:48)

Oi, Rodrigo! Que legal ver você por aqui 😀

Pois é, acho que todo mundo já desenhou de alguma maneira, e foi parado por motivos alheios à vontade. Esse negócio de crescer coloca nossas prioridades numa ordem doida, né?

Ah, fico feliz por você querer voltar! E mais feliz ainda por ter ajudado você de alguma forma 😀 Se não for ser muito espaçosa, queria muito ver suas produções! Com certeza vai ser terapêutico.

Um abraço pra ti!

Responder

Rodrigo Eiras - 12, março 2014 às (23:27)

Assim que fizer alguma coisa eu mostro sim. Final de semana vou comprar os pincéis e tinta. Já pretendo começar a tentar algo. o/

Responder

Samara Do Nascimento - 10, junho 2014 às (05:01)

Amei os pinceis! *w* Vou começar pelo redondo, lingua de gato e triâgulo chanfrado. Os efeitos são lindos! Você me ajudou bastante! Ultimamente venho pesquisado sobre materiais e como usar a aquarela. Vou passar a acompanhar seu site porque foi de grande auxílio algumas postagens que vi. :}

Responder

Cecilia - 23, outubro 2014 às (15:33)

Juliana, para preencher o fundo das ilustrações com aquele "borrado" de cores misturadas, como se jogasse a tinta no papel, qual formato de pincel é mais indicado? (e também qual numeração?) – por exemplo, nessa sua ilustração aqui: http://www.julianarabelo.com/2014/10/ilustraday-criaturas-fantasticas.html

Responder

Fernando Fav - 15, janeiro 2015 às (23:45)

Olá Juliana!

Faz alguns dias que acompanho seu blog (li todos os post, eu acho hahaha) e você está de parabéns pela paixão pelo que faz e pela iniciativa!
Quando era criança gostava de desenhar, e até que desenhava muito bem. Mas o tempo passou e surgiram outras prioridades…
Quero voltar a desenhar e estou mirando um kit de equipamentos. Quero sua opinião. Considere que sou iniciante.
Caixa de lápis de cor aquarelável Staedtler Karat 36 cores (meio caro, mas tenho uns pontos no cartão e vou conseguir trocar por ele. Você acha que da linha Noris Club pra Karat muda muito a qualidade? Justifica o preço ser bem mais alto?);
Papel Canson Desenho 200g/m2 (que dificuldade achar na internet, se souber de algum site que tem papel pra iniciante me avise, geralmente o frete é mais caro que o papel. Sei que esse papel não é dos melhores para aquarela, mas também não vou usar muita água. Arrisco neste?)
Pincéis (ainda pesquisando, achei uns desses da Keramik no Submarino, são bons para usar com lápis de cor aquarelável?)

De todos os itens estou mais inseguro em relação ao papel, que é um artigo raro na internet. Moro numa cidadezinha no interior de SC e não temos muitas opções por aqui. Se puderes me indicar uma loja online (com frete barato), agradeço.

Ah, e só pra constar… quero desenhar umas paisagens, arquitetura açoriana que é muito comum aqui em SC e plantas.

Um grande abraço, continue motivada a manter esse blog.

Você além de excelente blogueira é uma baita artista!

Responder

Raíssa - 19, janeiro 2015 às (06:06)

Nossa, você ainda não respondeu o Fernando? D:
Que Descaso!

Responder

Juliana Rabelo - 19, janeiro 2015 às (13:12)

Muito obrigada, querida! Seja sempre bem vinda 🙂

Responder

Juliana Rabelo - 19, janeiro 2015 às (13:13)

É possível obter esse efeito com qualquer tipo de pincel. Recomendo os de maior numeração.

Responder

Juliana Rabelo - 19, janeiro 2015 às (13:24)

Oi, Raissa! Tudo bem? Realmente não respondi o comentário do nosso colega pois infelizmente não dedico 100% do meu tempo ao blog.

Acho uma enorme falta de sensibilidade da sua parte vir aqui pra deixar um comentário com esse tipo de acusação, pois, se você der uma olhada nas páginas internas, menus e categorias do blog, sempre faço o possível para atender os pedidos e expectativas de todos os leitores.

O blog, as redes sociais e os emails dão bastante trabalho de manter, atualizar e deixar sempre tudo bonitinho pras pessoas virem aqui e aprenderem algo comigo. Isso demanda um esforço absurdo e um tempo que às vezes preciso tirar das noites de sono, ou das minhas atividades da vida pessoal.

Descaso? Nao. O que há, Raissa, é falta de tempo.

É muito fácil acusar uma falha sem (re)conhecer tudo o que está por trás da pessoa que falhou, não é mesmo?

Espero que você entenda 🙂

Atenciosamente,

Responder

Juliana Rabelo - 19, janeiro 2015 às (13:28)

Oi, Fernando! Obrigada pelas palavras 🙂

Vamos lá:

– não conheço as duas linhas que você mencionou, mas por ser iniciante, compraria a mais barata.
– não recomendo o papel de desenho para aquarela. Há um post aqui em que recomendo 5 tipos de papéis pra aquarela diferentes, e ainda um kit para iniciantes. Sobre a loja online, no menu superior existe a seção "dúvidas", onde sua pergunta está respondida.
– qualquer pincel macio serve para aquarela e lápis de cor aquareláveis, e a Keramik é uma ótima marca.

Acho que respondi tudo!
Obrigada novamente por suas palavras, valem muito pra mim 🙂

Responder

Alline Cabral - 29, janeiro 2015 às (18:27)

Estou amando a série para iniciantes!

Responder

Lívia - 04, fevereiro 2015 às (15:10)

primeira visita aqui no Blog e já gostei muito. Desde sempre eu desenho (não profissionalmente), mas só uso lápis de cor mesmo. Morro de vontade de me aventurar nas aquarelas! Quem sabe a coragem não vem depois de ver suas postagens?!

Responder

Juliana Rabelo - 04, fevereiro 2015 às (22:27)

Que legal, Lívia! Seja bem vinda, e sinta-se em casa pra 'vasculhar' os posts com dicas, viu? Um abraço!

Responder

Juliana Rabelo - 04, fevereiro 2015 às (22:27)

Oi, Alline! Que bom, muito obrigada <3 Ainda tenho muito o que compartilhar, espero te ver sempre por aqui ;}

Responder

Luanna Lima - 06, fevereiro 2015 às (23:21)

Oi Juliana! Então, está de parabéns pelo post mas há um bom tempo estou a procura de um kit de pincel, será que existe? Porque não queria comprar separadinho. Se existir você não sabe me indicar alguma loja?

Responder

Juliana Rabelo - 10, fevereiro 2015 às (21:32)

Obrigada, Luanna! Não conheço nenhum kit para pincéis assim 🙁 indico as lojas online aqui: http://www.julianarabelo.com/p/faq.html 🙂

Responder

Dayse Pinheiro - 25, março 2015 às (01:22)

Juliana do céu. Eu estou simplesmente APAIXONADA pelo seu blog e pela sua arte. Amo desenhar mas já vi que tenho MUITO aprender (digo isso pq sempre vi aquele pessoal com desenhos ultra-mega-power bons, mas nunca vi alguém que desenhasse no "meu estilo" tão bem quanto você), a partir de agora vou acompanhar seu blog dia e noite! hahaha beijo grande <3

Responder

Irene Mendes - 04, junho 2015 às (17:39)

Oi Juliana, sou portuguesa e moro no Porto e fiquei fã do seu blog!!!!!!!!!!!!! Gosto da forma simples e clara com que aborda os temas e claro está os temas de pintura de quem sou "fanática". Vou continuar a acompanhar o seu blog atentamente!!!! Parabéns.
Beijo,

Responder

João Vitor B. Santis - 17, julho 2015 às (14:27)

Oi! Eu tambem sou de fortaleza e me interesso muito pela aquarela, queria saber quais as lojas daqui de fortal que vc acha que tem os preços mais bacanas pra produtos de qualidade, teria como me dizer alguma? Obrigado, seu blog é muito bacana 😀

Responder

Juliana Rabelo - 22, julho 2015 às (21:25)

Oi, João Vitor! Tudo bem? Que legal você se interessar por aquarela, e mais legal ainda ser de Fortaleza. Aproveito o gancho para te falar que estou com um curso de aquarela de 4 meses, que vai começar em janeiro de 2016 e vai até abril. Você pode obter mais informações ligando para o Estúdio Daniel Brandão (3264 0051, de 14h às 18h).

Agora sobre sua pergunta, as lojas em Fortaleza que conheço são a CDMax, a Mormaço e, se você estiver com sorte, encontrará alguma coisa na Comercial Dantas e na Montreal. Tem também a Kalunga, no Iguatemi, e a Livraria Leitura, no Shopping Del Paseo.

Abraços 🙂

Responder

Vanessa Benvenutti - 02, outubro 2015 às (18:08)

OLá Juliana, parabéns pelo seu trabalho e por dividir conosco seu conhecimento! Estou me aventurando pela aquarela 😉 e procurando os pincéis que você sugeriu no post acima. Porém, fiquei com algumas dúvidas: as marcas possuem a mesma numeração em séries diferentes (W&N n12 existe na série 111 e 444, por exemplo). Você poderia informar a série? Algumas lojas online, como A Casa do Artista (SP) especificam quais são os pincéis para aquarela, mas em geral isso não acontece e rola uma dúvida tremenda se o pincel é adequado ou não para esta técnica. Creio que a especificação da série do pincel ajude:) Obrigada! Vanessa

Responder


Juliana - outubro 2nd, 2015 às21:32 respondeu:

Oi, Vanessa! Tudo bem? Muito obrigada pela gentileza! :} Poxa, obrigada pela sugestão. O pincel da W&N que mencionei no post é da série 111! 🙂 Tomara que te ajude. Um abraço!

Responder

Débora - 18, outubro 2015 às (23:13)

Oi, Juliana! Acabei de terminar um curso de desenho em Recife e comecei a me interessar por aquarela. Adorei seus textos, muito didáticos e gostosos de ler. Fui procurar no google por "pincel triângulo chanfrado da Keramik", mas não aparece nada. Tem outra forma de procurar? Outro nome?

Responder


Juliana - novembro 6th, 2015 às21:52 respondeu:

Vixe, Débora, não sei. O nome certinho é esse mesmo =~ mas os redondos são bem versáteis!

Responder

Isabela - 20, outubro 2015 às (14:06)

Apesar de antigo esse post ele me abriu os olhos pra continuar avançando na minha arte! Estou começando a ter contato com aquarela depois de só usar lápis e seus posts de equipamento e técnicas têm me ajudado demaaaaais!! Muito obrigada, Ju!! ♡♡

Responder


Juliana - novembro 6th, 2015 às21:52 respondeu:

Que comentário feliz, Isabela! Fico muito contente mesmo <3

Responder

Shimabokuro San - 28, outubro 2015 às (14:32)

Oi Ju, td bem?
eu recentemente descobri o seu blog e sempre que posso dou uma olhada aqui o
mas ainda não vi postagem sobre qual é a melhor plataforma/site para expor o seu trabalho, gostraia de saber sua opinião sobre ^^
bjos <3

Responder


Juliana - novembro 6th, 2015 às21:56 respondeu:

Muito obrigada pela sugestão de post! 😀
(eu uso muito o Behance!)

Responder

Yasmin Albuquerque - 04, novembro 2015 às (21:55)

Oie, queria saber o que tu acha sobre pinceis de cerda sintética (nylon)… vi que é bem mais em conta… vale a pena comprar?

Responder


Juliana - novembro 6th, 2015 às21:54 respondeu:

Oi, Yasmin! Tudo bem? Nunca usei esses pincéis, então não tenho como te dar uma opinião embasada sobre eles.

Responder

JÉSSICA CAMILA - 06, novembro 2015 às (17:18)

Garota, amei esse post, quero iniciar nessa arte linda e você me ajudou muito!!! tirou todas minhas dúvidas. Obrigada. 🙂

Responder


Juliana - novembro 6th, 2015 às21:54 respondeu:

Que ótimo, Jéssica! Fico feliz em saber =~)

Responder

Mirian Bozzetto - 05, dezembro 2015 às (18:06)

Juliana, adorei o seu post! estou procurando o triangulo chanfrado da keramik e não o achei.. pode ser encontrado com outro nome?

Responder


Juliana - janeiro 6th, 2016 às10:49 respondeu:

Oi, Mirian! Que bom que gostou do post. 🙂 esse pincel é chatinho de encontrar, né? O nome é esse mesmo, mas muitos redondos da Keramik são tão bons quanto este! 🙂

Responder

Curso de Aquarela

<div class="titulo curso-de-aquarela"><h6>Curso de Aquarela</h6></div>

Mora em Fortaleza e quer aprender aquarela? Eu ofereço turmas regulares no Estúdio Daniel Brandão. Clica aqui pra saber mais! ;)

Ju Rabelo na sua cidade!

<div class="titulo ju-rabelo-na-sua-cidade"><h6>Ju Rabelo na sua cidade!</h6></div>

Quer uma oficina de aquarela na sua cidade? Então clica aqui pra cadastrar seus dados! :)

Receba as atualizações no seu e-mail! Assine abaixo e fique sempre por dentro das novidades:


Juliana Rabelo • todos os direitos reservados © 2018 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por