24 abril 2014

Minhas referências: desenho/ilustração

postado por Juliana Rabelo

Há algum tempo, recebi uma ask no Tumblr que me perguntava quais eram as minhas inspirações e referências. Demorei tanto tempo pensando na resposta, que resolvi fazer dela uma postagem no blog :) Hoje conto pra vocês quem são as ilustradoras (sim, coincidentemente todas mulheres!) que me inspiram e motivam a continuar ilustrando; na verdade, eu acompanho o trabalho de muita gente talentosa, e cada artista em particular me inspira em um determinado âmbito (ou em vários, ao mesmo tempo); para esse post, elenquei minhas referências de desenho e ilustração.

Clarissa Paiva

Clarissa Paiva é brasiliense, bacharel em Artes Visuais pela Universidade de Brasília (UnB) e tecnóloga em Design de Moda pelo Instituto de Educação Superior de Brasília (IESB). 

O que mais me encanta no trabalho da Clarissa é a delicadeza e a ingenuidade nos rostos de suas meninas, além da espontaneidade do seu traço e a leveza que ela atribui até aos cabelos mais volumosos. A artista trabalha muito o lápis grafite, lápis carvão e lápis de cor, mas também possui trabalhos com intervenções digitais, aquarela e outros materiais. Em seu instagram, Clarissa também compartilha estudos e experimentos em livros, sketchbooks e outros suportes.


Fernanda Guedes

Conheci o trabalho da Fernanda Guedes assim que comecei a me interessar por ilustração; nas pesquisas que fazia para a faculdade, o nome dela sempre estava presente quando o assunto era Ilustração de Moda. Fernanda Guedes reside em São Paulo, já ministrou cursos e workhops em várias cidades brasileiras, já  publicou um livro que já já chega na minha prateleira ♥, além de já ter ilustrado para revistas e marcas de renome no mercado.

O que mais me encanta em suas ilustrações é a força, a firmeza e a limpeza visual de suas linhas, além do minimalismo. Adoro a textura e a volumetria, além de outros "efeitos" que ela consegue usando... Linhas! No facebook, ela compartilha trabalhos em andamento e experimentos em diversos suportes. Meus favoritos são as ilustrações em guardanapos decorados e a série Fridas.



Malena Flores

Não poderia deixar de mencionar a Malena nessa simplória listinha! Já acompanho os trabalhos dela há um tempão (inclusive já falei da influência que recebo dela nesse post), e não consigo não me encantar toda vida que ela posta algo novo. Malena Flores é autodidata do interior da Bahia e atua como designer e ilustradora freelancer; já ilustrou um dos livros da Bruna Vieira e mantem projetos em parceria com a cantora Marcela Taís.

É a delicadeza, a suavidade, a meiguice e a doçura o que mais me encanta e influencia nas ilustrações da Malena. Suas meninas são sempre cheias de expressividade e leveza, e comunicam sentimentos pra gente sem precisar de nada escrito.



Mariana Valente (Malipi)

A Mariana é também paulistana, graduada em Artes Visuais com Ênfase em Design pela PUC - Campinas, tendo feito cursos de Ilustração Editorial pela Quanta Academia de Artes, e de aquarela com o mestre Cárcamo

De todos os ilustradores que adotam esse estilo mais fofinho de desenho, a Malipi é a minha favorita. Gosto muito da proporção que ela dá ao corpo humano, e sou grande fã da sua linha irregular: horas mais estreita, horas mais larga. Também adoro a naturalidade que ela consegue dar nas poses, a meiguice que exala dos seus croquis de moda (atenção especial para os do Oscar), e principalmente a maneira como ela consegue imprimir sua identidade em qualquer gênero de ilustração. Ah! Pra vocês que gostam, a Malipi compartilha no blog dela uma série de dicas sobre algumas coisas, incluindo aquarela :)



Sabrina Eras

Sabrina Eras, também paulista, iniciou o curso de Publicidade, mas logo percebeu que não era bem aquilo e partiu para o ramo das ilustrações. Depois de trabalhar em várias agências e estúdios, deu início aos trabalhos como freelancer, e é assim até hoje.

No trabalho da Sabrina, além do sensacional uso da aquarela, me encanta o estilo que ela desenha suas meninas, uma mistura do meigo, do bonitinho e do ingênuo com o sensual, o sexy e por vezes com o macabro. Sabrina é de uma criatividade impressionante, e cada uma de suas bonecas conta uma história, cada uma delas tem algo a dizer.



Tati Ferrigno

Finalizando a lista por questões de ordem alfabética, a Tati Ferrigno é Designer pela Unesp e suas ilustrações são feitas, desde o esboço, em computador. Suas ilustrações envolvem o universo feminino preenchido com tatuagens e cabelos coloridos.

Meu primeiro contato visual com a Tati foi através da linha de papelaria Jolie, que ela ilustrou para a Tilibra. Fiquei encantada de cara com a meiguice extrema das bonequinhas, além do nível de detalhamento (reparem nas roupas, no cenário, nos objetos...). Quando fui buscar mais informações sobre ela, encontrei um outro estilo de ilustração: mulheres mais amadurecidas, mais adultas, tatuadas, cabelos coloridos e com fortes referências pin-up, mas ainda cheias de fantasia, encanto e delicadeza. Amo a suavidade que ela consegue alcançar nas figuras femininas!


Bom, essas foram algumas das minhas principais referências de ilustração, e tô sempre acompanhando o trabalho delas. É inspirador e motivador ao mesmo tempo! :) Além das brasileiras, também sou muito fã de ilustradoras gringas como a Amanda Mocci, Miss Led e Mercedes deBellard. A partir desse post, talvez vocês comecem a perceber como tem um pouquinho de cada uma delas em cada ilustração que faço, de alguma maneira! E não custa dizer que inspiração/referência é diferente de cópia/plágio, e que a busca pelo estilo/identidade própria é fundamental na carreira de qualquer pessoa interessada em arte. Não é fácil, não é de um dia pro outro, mas vai ficando cada vez mais gratificante à medida que vai acontecendo :)

E vocês? Quais são suas principais referências? Já conheciam as ilustradoras que mostrei aqui? Me contem nos comentários! :D

*

Todas as ilustradoras citadas nessa postagem foram previamente contatadas a respeito da permissão do uso de suas ilustrações nesse post, e estão cientes dele. 

*

Não esqueçam que, durante o mês de abril, na compra de qualquer produto da minha lojinha, vocês levam pra casa uma ilustraçãozinha original feita com amor por mim! ♥ Destaque para as canecas da coleção {c} a l m a, que você pode saber mais sobre clicando aqui.

*

Um cheiro e até o próximo post! ♥


22 abril 2014

Cinco personagens que marcaram minha vida

postado por Juliana Rabelo

Esse post faz parte da blogagem coletiva/meme do Rotaroots, um grupo de lindos bloggers das antigas que decidiu se reunir em prol dos blogs old school. Para fazer parte, cadastre seu blog no rotation e entre no grupo! :)

O tema do meme do Rotaroots do mês de abril é: 5 personagens que eu gostaria de ser ou que marcaram minha vida. Foi bem difícil elencar meus preferidos, os que mais me marcaram; senti vontade de colocar todas as princesas Disney e todos os personagens dos desenhos animados dos anos 90/2000: Mutley, Pinky e o Cérebro, Pernalonga, Tutubarão, Animaniacs... Tentei buscar referências antigas e atuais, e o resultado disso você vê logo abaixo! :) 


Quando comecei a pensar nas personagens, imediatamente pensei também se iria ilustrar todas elas: não. Minutos após começar a ilustrar a primeira: sim! ♥ E queria dizer que não autorizo o uso dessas imagens pra fins pessoais e/ou comerciais, e também não autorizo nenhuma modificação das mesmas.



A Mulan não é só minha princesa Disney preferida, mas também uma personagem que definitivamente marcou minha vida. Uma mulher que se disfarça de homem pra proteger e honrar a família, ultrapassando as barreiras do preconceito e todos os paradigmas sociais de seu país naquele momento. Sapatinho de cristal? Beijo do amor verdadeiro? Que nada. Mulan foi lá, salvou a China e, de brinde, ficou com o capitão Li Shang. Who is that girl I see, staring straight back at me? Why is my reflection someone I don't know? Melhor música. ♥

Impossível não lembrar das aventuras do Doug e sua turma: Skitter, Judy (por algum motivo, eu adorava a irmã do Doug!), Roger... e o Costelinha! ♥ Minha parte favorita era quando ele "se transformava" no Homem Codorna (com a cueca por cima das calças!). Doug Funnie com certeza regou minha imaginação com tantas cores e situações imaginárias (ou não).

... te apertar e te beijar por tooooooda a vida! De todos os personagens do Looney Tunes, minha favorita sempre foi a Felícia. Felícia não caçava, ela amava. Felícia não torturava, ela apertava. Felícia era ruiva em um mundo de desenhos animados de menininhas loiras. Felícia usava lacinho turquesa com caveira. E Felicia usava franjinha, que nem eu, no auge dos meus dez anos de idade. 

Certo dia, fui assistir Um Dia com meu namorado, e dormi na metade do filme. E achava super estranho, porque todo.mundo.amava.esse.filme.e.morria.de.chorar.com.esse.filme. E eu dormi, apenas. Não consegui acreditar que um filme tão bem falado tivesse me dado sono; nunca mais tentei assistir novamente, mas comprei o livro, e o processo foi o mesmo: morri de tédio até a metade do livro. E depois comecei a chorar compulsivamente. E comecei a me identificar muito com Emma Morley, sua falta de sorte com amor na adolescência, sua insegurança em relação à vida, sua sensação de coisas fora do lugar. O livro acabou e me despedaçou. E Emma Morley tem lugar de honra na lista de personagens que mais marcaram minha vida.

Já comentei nesse post que sou apaixonada pela série Once Upon a Time desde o primeiro episódio que assisti. E devo admitir que sinto muita pena dos vilões de filmes, séries e tudo o mais: senti pena de Lex Luthor, senti pena do Loki e sempre tive um carinho especial pela Regina. Uma vilã que ama tanto um filho não pode ser tão má. Mesmo que o filho <spoiler>seja o pai dela</spoiler>. A Regina se vingou, descontou a raiva dela em todo mundo, colocou Storybrooke no mapa e ainda virou prefeita! Sim, eu chorei em muitos episódios com as maldades que ela fez. Mas igualmente venho me comovendo com as demonstrações de mudança dela, com os sacrifícios que ela fez pra conquistar o amor do Henry e pela família. Sem contar que é dela, sem sombra de dúvida, o melhor figurino da série. Regina é diva, Regina é humana, Regina tem um coração.

Esses foram meus cinco personagens escolhidos, mas tem muitos outros que poderia citar aqui: Bob (O Fantástico Mundo de Bob), todas as Chiquititas, Anne Frank, Sailor Júpiter, Angélica (Os Anjinhos), Tin-Tin, Anastasia...

E vocês? Quais cinco personagens gostariam de ser, ou quais marcaram sua vida?
Espero que tenham curtido minha seleção (e as ilustrações!) :~)

*

Não esqueçam que, durante o mês de abril, na compra de qualquer produto da minha lojinha, vocês levam pra casa uma ilustraçãozinha original feita com amor por mim! ♥ Destaque para as canecas da coleção {c} a l m a, que você pode saber mais sobre clicando aqui.

*

Um cheiro!


21 abril 2014

Instaweekly: 14 - 20/04

postado por Juliana Rabelo

Semana corrida, vários projetos na cabeça (e alguns já saindo dela!) e um feriadão que dura até hoje! Feliz pelas novas parcerias que estão aparecendo e por estar conseguindo concretizar meus planos. Se tudo der certo, ainda nesse mês conto pra vocês pelo menos uma das novidades (: Enquanto isso, vamos dar uma olhada no que aconteceu pelo instagram na última semana!
1. pedacinho de um projeto ainda secreto! | 2. ilustrações pro meme do Rotaroots de abril (já já o post vai ao ar!) | 3. desenho de modelo vivo no feriado | 4. #ilustrasunday especial de Páscoa!

Essa semana que se inicia promete mais correria (amo! ♥ mesmo.), mais encomendas - inclusive uma de casal que tô super empolgada pra fazer! -, aulas particulares, a segunda turma da oficina de aquarela e, se tudo der certo -e vai dar-, planos se tornando reais, novos cursos e parcerias! ♥ Tão bom ver os frutos do que a gente plantou com tanto amor, né? :~)

Um cheiro pra vocês e uma semana maravilhosa! :)

Não esqueçam que, durante o mês de abril, na compra de qualquer produto da minha lojinha, vocês levam pra casa uma ilustraçãozinha original feita com amor por mim! ♥ Destaque para as canecas da coleção {c} a l m a, que você pode saber mais sobre clicando aqui.


20 abril 2014

Ilustrasunday #13

postado por Juliana Rabelo

Pra quem acabou de chegar no blog (bem vindos!), hoje é dia da tag ilustrasunday, onde me comprometo a postar ilustrações novas (e seus processos e materiais usados) todos os domingos. Para ver todos os posts dessa tag, é só clicar aqui :)


Passei a semana pensando no que iria ilustrar por aqui, hoje, e só ontem me veio em mente que era... Domingo de Páscoa. Queria algo que fosse fofinho, queria coelhos, mas também queria algo inédito, algo que não fosse clichê. Acima, alguns sketches que fiz ontem (compartilhei outro no instagram) e que serviram como referência pra ilustração de hoje. Vamos às fotos!






Esse foi o resultado final:


E os materiais utilizados nessa ilustração:


papel canson moulin du roy
aquarelas koh-i-noor + cotman (falei dessas últimas nesse post)
pincéis keramik n. 6, rembrandt n. 0, cotman n. 0000 e van gogh n. 6

-

E aí, gostaram do resultado final? Eu achei uma fofurinha e fiquei com muita vontade de emoldurar e pendurar aqui, no meu quarto. Detalhe pro coelho gordo demais! ♥ Amo animais gordinhos!

Estava pensando em fazer resenhas dos materiais que usei nessa ilustração, porque são todos muito bacanas e recorrentes por aqui. O que acham? Me contem nos comentários! 

Bom, desejo a todos vocês uma feliz Páscoa, um ótimo restinho de feriado e uma semana maravilhosa! :)

*

Não esqueçam que, durante o mês de abril, na compra de qualquer produto da minha lojinha, vocês levam pra casa uma ilustraçãozinha original feita com amor por mim! ♥ Destaque para as canecas da coleção {c} a l m a, que você pode saber mais sobre clicando aqui.

*

Um abraço em cada um e até o próximo post!
(amanhã respondo todos os e-mails, inbox e comentários! agora vou aproveitar o restinho do feriado ♥)


17 abril 2014

antônio marco

postado por Juliana Rabelo

Foi a Rafaela que entrou em contato comigo através de e-mail, falando sobre uma encomenda de ilustração pra um amigo, o Antônio Marco. Ela me enviou uma foto dele tocando clarinete e pediu que a ilustração fosse com base naquela foto, contendo uma das citações mais fortes dO Pequeno Príncipe. Confiram algumas fotos do processo! :)







Gostei bastante do resultado final e do desafio de ilustrar um homem; acho que vocês já perceberam que as meninas são presença praticamente exclusivas por aqui. Outra coisa que adorei foi o fato de a Rafaela ter me deixado livre para fazer a ilustração! Fiquei super feliz ao ler isso e, logo que vi a foto, já comecei a pensar em mil coisas que ficariam bacanas de trabalhar.


Para essa encomenda, utilizei papel Canson Montval Aquarelle 300g/m² e aquarelas Koh-I-Noor e Winsor&Newton (falei delas nesse post). Levei aproximadamente quatro horas e meia em todo o processo. A Rafaela adorou, o Marco também, e eu mais ainda pela reação tão positiva deles dois :) É muito bom quando aquilo que a gente faz com o coração chega no coração das outras pessoas.

*

Você pode encomendar uma ilustração original e exclusiva comigo clicando aqui.

*

Espero que tenham gostado tanto quanto eu! E se você leu até aqui, não deixe de me contar o que achou nos comentários (;

Um cheiro!




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...