12 maio 2016 arquivado em: Blog

kittyefelix-julianarabelo-01

No começo de abril, dois novos moradores chegaram aqui em casa pra alegrar e encher minha vida de muito, muito amor. E pêlos. Muitos pêlos. Esse é um post de apresentação, de apreciação e de momentos de fofura dos meus gatinhos: Kitty & Félix. ♥

A decisão

Uma coisa muito importante sobre mim é que sou virginiana, e isso significa que demoro muito tempo até tomar uma decisão, especialmente as que envolvem responsabilidades. Não por que fico empurrando com a barriga, mas por que gosto de estar rodeada de seguranças para poder dar passos mais sérios na vida. Foi assim quando uma amiga querida me mandou a foto da Kitty, que estava para adoção. Eu me apaixonei por ela, mas precisava ter certeza (ou quase) de que seria uma boa mãe, ou que eu poderia oferecer minimamente conforto e segurança pra ela.

Depois que telei todo o apartamento, combinei com a doadora e o grande dia chegou. Pra minha surpresa, na caixinha de transporte não estava só a Kitty, mas um outro gatinho também (o Félix) – eles eram super apegados e não queriam sair de casa um sem o outro. Eu confesso que fiquei incomodada no começo, mas não demorou muito até que eu ficasse completamente apaixonada por ele também! ♥

Eles estão comigo há mais ou menos um mês, e a cada dia que passa, eu só aprendo mais, me divirto mais e me encho mais de amor com essas duas coisinhas. Quem me acompanha no snapchat {julianarbl} já deve estar de saco cheio de snaps de gatinhos, mas: ♥

Kitty

kittyefelix-julianarabelo-02A Kitty é muito dengosa, quietinha e também medrosa. É muito desconfiada, e ainda tô lutando pra conseguir conquistar a confiança dela. Na maior parte do tempo, ou ela tá dormindo dentro de alguma caixa, debaixo da cama ou em algum outro buraco da casa, ou está escondida nos mesmos lugares. Nos momentos em que ela resolve dar o ar de sua graça, eu aproveito pra tentar fazer um carinho nela, pegar no colo e brincar um pouquinho. Ela tá se acostumando comigo devagarinho, e sempre que consigo aninhar ela um pouco, considero uma pequena vitória :~)

kittyefelix-julianarabelo-03

Félix

kittyefelix-julianarabelo-04

O Félix é o mais dengoso, oferecido. É o rei da casa, e todo mundo que vem aqui se derrete com a doçura dele! Ele ama ser idolatrado (!), receber carinho – várias vezes já me deparei com ele chorando, pedindo carinho! Assim que eles chegaram, ele só ficava grudado com a Kitty, mas bastaram só alguns potes de ração pra ele ganhar mais confiança e autonomia na casa. Ele é muito companheiro, e sempre tá por perto (às vezes, eu até tropeço nele. Sem querer, claro). Uma surpresa linda que me arranca múltiplos “oooowhn” por dia! ♥

kittyefelix-julianarabelo-05

Rotina pós-gatinhos

Eu ainda sofro muito com a rotina da casa, e às vezes sofro também pra conciliar os afazeres da casa com os de trabalho e ainda ter uma vida, então posso dizer que ainda tô aprendendo a encontrar a melhor maneira de encaixar a rotina de cuidados com os gatinhos, também. A parte boa é que eles não exigem muito cuidado e atenção, então basicamente só me preocupo com

  • limpar a caixinha de areia deles todos os dias, e trocar a areia periodicamente;
  • colocar pequenas porções de ração de 3 a 4 vezes por dia;
  • trocar a água duas vezes por dia;
  • dedicar momentos do dia pra brincar e interagir com eles;
  • escovar os pêlos, umas duas ou três vezes na semana;
  • e aspirar a casa dia sim, dia não.

Mas são atividades simples, que não tomam muito do meu tempo. Já estou me acostumando com a ideia de que minhas roupas sempre terão pêlos, e que as pretas aparentemente parecem acumular o triplo, não importa o quanto eu tente mantê-las longe do contato om os gatinhos. Vez ou outra, eu também encontro pêlos nas minhas tintas, dentro do pote de água e no prato de comida. Não duvido nada ter pêlos em algum órgão interno do meu corpo, também!

Eu sou alérgica e fui assim a minha vida toda; quando estava na casa da Jess, pensei que não aguentaria ficar lá por conta das gatas, mas sobrevivi. Na segunda semana dos gatinhos aqui, tive uma crise de bronquite que deve ter durado uma semana, e depois disso, até agora não aconteceu nada demais. Obviamente minha alergista não aprovou a adoção, e boa parte da família só soube dizer que eu não tenho juízo, etc. Mas essa foi uma escolha que fiz, e não me arrependo de jeito nenhum. Não consigo nem imaginar mais minha vida sem eles. <3

kittyefelix-julianarabelo-06

Às vezes chego em casa morta de cansada, e quando abro a porta, vejo esses dois me esperando em cima do sofá. Isso enche meu coração de alegria, e solto sorrisos sem perceber. Quando preciso passar o dia fora, só penso neles dois, morro de saudade mesmo. Às vezes, quando tô trabalhando e levanto pra fazer qualquer coisa, é normal encontrar o Félix embaixo da escrivaninha; quando tô em dias ruins, eles ficam por perto, me rodeando. Não tem como não amar, gente. <3

tags:
0
amaram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Receba atualizações sobre cursos, eventos, atualizações no blog, novos produtos e promoçoes na lojinha direto na sua caixa de entrada! ps: sem spam, só amor <3
Receba atualizações sobre cursos, eventos, atualizações no blog, novos produtos e promoçoes na lojinha direto na sua caixa de entrada! ps: sem spam, só amor <3
Todas as imagens e conteúdos presentes neste site são de autoria de Juliana Rabelo, exceto quando sinalizadas.
Copyright © 2013 - 2020 Juliana Rabelo. Todos os direitos reservados