9 abril 2014 arquivado em: Blog sketchbook
Tudo começou quando a Malena (♥) postou uma prévia da ilustração pro calendário de abril no facebook, e eu fiquei babando na lindeza que aquilo tava ficando. Ao mesmo tempo, fiquei pensando no rumo que minhas meninas estavam tomando; quem me acompanha há mais tempo deve ter percebido o quanto meu traço mudou nos últimos tempos (e quem chegou agora por aqui, pode ver um pouco dessa mudança nesse link!) e, – mais uma vez – olhando pr’aquela ilustração da Malena, senti falta de mais delicadeza nas minhas meninas. No fundo, acho que se trata de mais um processo de mudança pessoal que acaba refletindo na maneira que me expresso através da ilustração.
A primeira coisa que fiz foi um estudo rápido daquela ilustração que me fez brilhar os olhos. E aqui cabe uma observação bem importante: sempre que você fizer um estudo (como esse que fiz, na foto acima) sobre a obra de qualquer artista, dê os créditos. Além de demonstrar respeito pelo artista e seu trabalho, você ainda ajuda a divulgar e a fazer com que mais pessoas possam receber inspiração 🙂
Bem, nesse exercício de observação, acabei resgatando alguns traços que haviam se perdido ao longo do caminho: percebi que a minha necessidade de representar todos os elementos do rosto detalhadamente acabou fazendo com que eu me descuidasse da imagem final que, ao meu ver, estava se tornando cada vez mais imperativa, agressiva.

Depois, foi a vez de tentar fazer ilustrações com o cuidado de manter a delicadeza. Foram muitas, muitas, muitas tentativas até descobrir os elementos que poderiam ser “catalisadores” dessa mudança.

Comecei simplificando o formato do rosto e diminuindo o tamanho dos olhos. Não gostei nadinha dos primeiros rostos que fiz :~ E esse primeiro rosto, ali em cima, é outro estudo sobre essa ilustração também da Malena.

Dessa vez, mantive a simplicidade no formato do rosto, mas aumentei um pouco o tamanho dos olhos e reduzi a quantidade de informação na boca. Já comecei a ficar mais animadinha com os resultados!

Finalmente, cheguei em um resultado que me agradasse: aumentei consideravelmente o tamanho e o formato dos olhos, e mantive a simplicidade do formato do rosto e da boca. Acabou ficando uma espécie de “releitura” do que eu costumava fazer (veja alguns exemplos clicando aqui) quando comecei a me interessar e levar a ilustração realmente à sério.

Gostei muito (!) do resultado dessa garotinha com laço na cabeça. Achei que ficou forte e expressiva, mas ainda sem perder a doçura e a delicadeza que eu me esforcei pra conquistar! De todos os sketches que fiz, esse foi meu favorito, e não pude deixar de compartilhá-lo no instagram. ♥

Outros sketches que já não gostei tanto, mas estão aí como registro desse momento, dessa busca, e servirão para referências futuras. Ou não.

Quando me dei por satisfeita de praticar, fechei o caderninho e fui dormir. No dia seguinte, fiz esse último sketch antes de partir pra ilustração que acabei publicando no 11º ilustrasunday desse ano… E gostei mais da que está no sketchbook =~ Algo que sempre acontece comigo quando faço rascunhos antes de fazer a ilustração final é que sempre tenho a impressão de que o rascunho tá um milhão de vezes melhor que a ilustração final. Confesso que, quando vou partir pro desenho “valendo”, rola um medo de errar, de estragar material ($$$), e de acabar dando tudo errado.
Por isso foi legal ter aprendido a fazer sketchbooks artesanais (ou livro de artista, como chamam): esse, das fotos, com as páginas brancas, fiz com papel vagabundo daqueles que a gente usa pra imprimir, e um papelão mais vagabundo ainda que encontrei nos escombros em uma das minhas gavetas. Acho que acabo me expressando melhor nos suportes que eu mesma faço (como foi no caso desse sketchbook), e que sei que são simplesinhos, que não custaram um milhão de rúpias e que tudo bem se eu fizer alguma coisa meio ridícula por lá. Acho que não ter medo é um fator importantíssimo pra tudo nessa vida.
*
E esse foi mais um post da série no meu sketchbook, onde vocês têm acesso ao que acontece “nos bastidores” das ilustrações e acabam também conhecendo um pouco sobre meu processo criativo, minhas técnicas e métodos de estudo e trabalho. Espero que tenham gostado! E se você leu até aqui, não deixe de comentar sobre o que você achou 😀
Beijinhos e até o próximo post! ♥

1
amaram

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 Comentários

Receba atualizações sobre cursos, eventos, atualizações no blog, novos produtos e promoçoes na lojinha direto na sua caixa de entrada! ps: sem spam, só amor <3
Receba atualizações sobre cursos, eventos, atualizações no blog, novos produtos e promoçoes na lojinha direto na sua caixa de entrada! ps: sem spam, só amor <3
Todas as imagens e conteúdos presentes neste site são de autoria de Juliana Rabelo, exceto quando sinalizadas.
Copyright © 2013 - 2019 Juliana Rabelo. Todos os direitos reservados